Construção

Conheça a história do Hospital das Cerejeiras de Apucarana, que seria um dos mais modernos da América Latina

Um dos mais modernos hospitais especializado em cardiologia da América Latina

O Lago Jaboti possui uma área de 230,8 mil metros quadrados, sendo a área do lago de 150 mil metros quadrados.

O volume de água é de cerca de 757 mil metros cúbicos, sendo abastecido palas nascentes dos seguintes rios: Ribeirão Barra Nova, Córrego Jaboti e Córrego Água da Lagoa.

O parque conta com arborização e infra-estrutura: playground, academia ao ar livre, salão de eventos, sanitários, lanchonetes, pista de caminhada, ciclovia, telefone público.

O parque e lago Jaboti foram inaugurados em 30 de janeiro de 1983.

A obra foi executada pela Construtora Malachias Ltda., projeto executivo do engenheiro Vicente Alexandrino de Souza Loiola e engenheiro Wanderlei Roberto Mello.

A barragem para formação do lago foi construída junto ao vale do Ribeirão Barra Nova, com altura de 23 metros, comprimento da crista de 16 metros e largura da base de 155 metros.

O local de vazão da barragem está situado na porção sul do lago.

Lago Jaboti

 

Lago Jaboti, construção

Um dos mais belos cartões postais naturais da cidade seria sede de um dos mais modernos hospitais especializado em cardiologia na América Latina, o Hospital das Cerejeiras.

Fechado há mais de 3 anos e sem nunca ter funcionado como hospital, o prédio atualmente é utilizado como lar de quatro cães da raça Rottweiler, que ficam nas dependências internas do prédio.

Sua construção teve início em 2008, com prazo de funcionamento em dois anos, que foi prorrogado por mais dois.

Após investimento de US$ 5 milhões, o local foi inaugurado em fevereiro de 2012, mas funcionou apenas como ambulatório até agosto de 2014, quando convênio com que mantinha o Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ivaí e Região (Cisvir) foi encerrado por problemas de documentação.

O hospital nunca funcionou em sua capacidade total e foi fechado em 2015 após a Vigilância Sanitária desaprovar o espaço.

Hospital do coração de Apucarana

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close